Blog
25 AGO 2021
Resenha - Vox, de Christina Dalcher

Desde que fiquei sabendo do lançamento de Vox tive curiosidade para ter o livro em mãos. E posso dizer uma coisa: essas 320 páginas passam num piscar de olhos. A história é envolvente, e apesar de trazer um conteúdo pesado, consegue ser uma leitura fácil de ser feita. Os fãs de distopia podem colocar Vox na lista sem medo de ser feliz.

Imagine viver em um país onde mulheres só podem falar 100 palavras por dia. Esse é o universo de Vox. O livro acompanha a história da Dra. Jean McClellan, uma renomada pesquisadora e neurologista que se nega a acreditar no que está acontecendo após a eleição de um governo ultraconservador nos Estados Unidos. No entanto, a redução no número de palavras autorizadas é apenas o começo de tudo.

Chega um momento em que elas não podem mais trabalhar e as meninas não podem mais aprender a ler e escrever. A pesquisadora passa a viver desafios diários na criação de seus filhos. Ela tenta ensinar coisas para a filha, mas ela não pode demonstrar na rua ou na escola o quanto aprendeu e sabe. Em contrapartida, Jean tem dificuldades com o filho, que aos poucos começa a demonstrar estar se alinhando aos novos ensinamentos de seu governo.

Em determinado momento, a neurologista é convocada para uma missão do governo, já que é uma das únicas profissionais da área capacitadas para o que eles precisavam. A Dra. Jean entende que essa é uma oportunidade de lutar para uma mudança no rumo das coisas. É interessante ver como ela encontra aliados onde menos espera, e também como a história se desenrola para mostrar que existem pessoas lutando pela causa das mulheres onde elas menos imaginam.

Destaque especial para como o livro nos faz sentir. A autora, Christina Dalcher, consegue retratar tão bem as emoções da história que nos faz quase sentir na pele a revolta e o desespero pelos quais passam esses personagens. Particularmente, achei esse livro um refresco para as distopias infantojuvenis que vínhamos acompanhando - Jogos Vorazes, Maze Runner, Divergente... quem gostou de 1984, por exemplo, deve adorar Vox.

Quem é leitor daqui tem 15% de desconto nos livros citados ou em livros que já têm resenha na coluna (rola essa página pra baixo e acompanha!). É só falar com a Grazi ou com o Rodrigo e avisar que leu sobre o livro aqui, na Entre Lidas e Vindas!